Educação financeira – 5 pontos principais

Educação financeira

Educação financeira tem por objetivo criar uma mentalidade consistente e organizada em relação ao dinheiro. Ela exige um longo prazo, para que se tenha um bom resultado e fazer você chegar a ter Liberdade Financeira. Em linhas gerais são estes 5 pontos :

01 – Fazer dinheiro

O grande desafio da educação não é educar para hoje, mas educar para que os resultados ocorram entre 15 a 30 anos em média. Nos dias de hoje, em que ocorrem transformações tão rápidas, é preciso um grande esforço para educar as crianças não somente para ser um empregado C.L.T. ou um funcionário público, mas também a possibilidade de ser um empreendedor e estimular modos inovadores de raciocínio, preparando nossas crianças e jovens para o futuro, e um futuro próspero financeiramente. Você precisa aprender a fazer dinheiro, o que é fazer dinheiro? Fazer dinheiro é ganhar mais do que você recebe de salário, e que já está computado no seu orçamento doméstico. Uma promoção, vender algum objeto usado, uma renda extra. Por falar em renda extra fiz um post relacionando várias dicas de renda extra, clique aqui e veja se consegue fazer dinheiro.

02 – Gastar bem o dinheiro


Um dos segredos em lidar com finanças, tanto na infância quanto na vida adulta, depende de sermos capazes de diferenciar o “querer” do “precisar“. Gastar em coisas que queremos é muito bom. Mas temos que aprender e ensinar ao nossos filhos que, na vida, as necessidades vêm em primeiro lugar. E nunca, mas nunca mesmo, gastar mais do que ganha. Pelo contrário precisa separar no mínimo 20% do seu salário para poupar.

03- Poupar para investir


Você precisa a aprender a poupar para se tornar um hábito em sua vida, porque poupar? Poupar para juntar dinheiro e começar a investir para ter o dinheiro trabalhando para você
Existem várias razões para se aprender a poupar. A principal é a segurança, embora seja uma ideia correta, é preciso levar em consideração algumas outras, para um sonho, para uma necessidade inesperada além de criar disciplina, dá limite e ensina auto respeito.

04- Doar


O ato de doar deve ser ensinado como parcela da responsabilidade social que cabe a cada um de nós. O dízimo está na bíblia, você doando, além de estar ajudando alguém ou a uma entidade social, você está mandando informações para o seu cérebro que você tem dinheiro até para doar e o Universo começa a conspirar a seu favor. É primordial que eduquemos futuros cidadãos para que compreendam que a solução de seus próprios problemas, não depende exclusivamente do governo.
Devemos aprender que a honestidade, responsabilidade social e a ética precisam estar sempre presentes no ganho e uso do dinheiro.

05 – Administrar o patrimônio


Você terá que analisar de tempos em tempos como está sua evolução patrimonial. A economia e a política de nosso país oscilam constantemente, e o que é bom hoje pode não ser amanhã. Assim, fique de olho nas mudanças e faça os ajustes necessários nos seus investimentos de tal forma a proteger e continuar aumentando o seu patrimônio.

Muitos desejam ter esses princípios de educação financeira, mas são poucos os que estão dispostos a fazer, ter disciplina, poupar para investir, doar e não cair em tentação aos apelos de consumo. Lembre-se também que o tempo é fundamental nesse processo, portanto, não demore para agir.

Sou João Bosco Ferrari, trabalho com internet desde o ano de 2.000 sou estudioso em finanças pessoais por vocação. Já trabalhei em várias instituições financeiras em diversas cidades e tive várias empresas. A proposta do Blog Dinheiro é promover a educação financeira para as pessoas conseguirem ter uma vida tranquila.

Deixe uma resposta

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA MULHERES - CLIQUE AQUI !!!
Recomendado:
Dicas financeiras para você não cometer os mesmos erros da…
Cresta Posts Box by CP
error: Copiar